Karvadi


O genearca Karvadi foi introduzido no Brasil em 1963 pelo selecionador Torres Homem Rodrigues da Cunha. Foi um animal que, segundo seu proprietário, apresentava uma excelente caracterização racial, alta fertilidade, ossatura robusta dentre outras características desejáveis.

Na tentativa de aproveitar substancialmente as características zootécnicas deste animal que já chegara da Índia com 11 anos de idade, foi inaugurado em 1968, na Fazenda Santa Cecília, um serviço de coleta de sêmen.

A partir de então, Karvadi foi intensamente utilizado, deixando um grande número de descendentes. Pai de Chummak e Dumu, é avô de Gim e bisavô de Ludy de Garça.



Caracterização Fenotípica


De acordo com a opinião de técnicos ligados a ABCZ, dentre as principais características fenotípicas comumente observadas em descendentes do genearca Karvadi, destacam-se:

Linhagem Karvadi: A Marca OB tem !!!!

  Anuloso OB
  Blitz OB
  Britânico
  Canhão OB
  Conco OB
  Corumbá OB
  Dingo OB
  Elétrico OB
  Espacial OB
  Espelho OB
  Feriado OB
  Floreal OB
  Lorde da Floresta
  Matão OB
  Maxixe
  México MB
  Origmo OB
  Paraíso OB
  Passaporte
  Quilômetro
  Radaban MO
  Radial OB
  Ramadã
  Sertanejo TE OB
  Simpático OB
  Tráfico OB
  Tributo OB


Conheça outras Linhagens

  • Golias
  • Godhavari
  • Taj Mahal


  • Material extraído do Catálogo de Linhagens do Germoplasma Zebuíno: Raça Nelore, trabalho desenvolvido pela ABCZ/Embrapa - 1997
    Todos os direitos reservados


    Conceito de Linhagem


    O termo Linhagem pode ser definido como sendo um grupo de animais, descendentes de um reprodutor ou reprodutiz, constituindo-se numa família, cujos membros têm, entre si, maior grau de parentesco do que o comumente observado na raça. A formação de linhagem é feita pelo uso da consanguinidade.

    A forma de consanguinidade mais empregada na formação de linhagens é a consanguinidade em linha, onde um mesmo reprodutor é acasalado com seus descendentes, ao longo de algumas gerações, visando fixar características consideradas raras.

    É importante observar que a formação de linhagens não implica necessariamente no acasalento direto de um reprodutor com os seus descendentes, ou seja, o emprego direto da consanguinidade. Implica sim, na utilização intensiva na reprodução de vários animais com origem ligada ao ancestral comum, visando fixar características desejadas pelo criador e que se supõe estarem associadas a tal reprodutor.


    Visite o site da Embrapa      Visite o site da ABCZ


    Atendimento ao Cliente Formulário
    Pontes e Lacerda/MT - Fazenda São José (65) 3266.2440
    (65) 9989.8447
    São Paulo/SP - Guaporé Pecuária S/A (11) 3816.6744